Portal da Cidade Toledo

networking

Fórum de Negócios e Inovação aproxima setores produtivos do oeste do Paraná

Realizado no Parque Tecnológico Biopark, o Fórum reuniu mais de 70 participantes de toda a região

Postado em 30/10/2019 às 13:39 |

Nesta terça-feira (29), foi realizado em Toledo, o I Fórum de Negócios e Inovação, promovido pelo Sebrae/PR em parceria com o Parque Tecnológico Biopark, Iguassu-IT, Sistema Regional de Inovação (SRI), Câmara Técnica de Máquinas e Equipamentos do Programa Oeste em Desenvolvimento. O evento teve como objetivo criar conexões, promover o networking e fomentar a inovação na região oeste do Paraná.

Dentro do Sebrae/PR, há um grande esforço para fazer com que os diversos setores interajam entre si. A partir desse trabalho, surgiu o Fórum de Negócios de Inovação, que tem como objetivo promover o diálogo entre as empresas de TI, os membros da Câmara Técnica e a academia para gerar a integração que desejamos”, introduz o consultor do Sebrae/PR, Edson Braga.

Para isso, a programação iniciou com uma palestra, ministrada pelo gerente executivo da Fiep, Filipi Cassapo, sobre a Indústria 4.0, abordando a integração entre software e indústria.

O agronegócio precisa inovar para otimizar resultados e aumentar produtividade. Mas, para que isso aconteça, é necessário que os produtores e as grandes cooperativas entendam o valor competitivo de empresas de TI, desenvolvimento de softwares e startups. Com o evento, conseguimos promover uma importante conexão entre esses atores, o que pode gerar grandes resultados para a região”, destaca Cassapo.

Paulo Almeida, gerente de marketing e negócios do Biopark, acredita que o Fórum é um primeiro passo para fortalecer a união dos setores em prol da inovação no Oeste.

Incentivamos um primeiro contato entre os principais atores das áreas de tecnologias e inovação e produtores e cooperativas. Agora, nosso intuito é, junto ao Sebrae/PR e demais parceiros, promover outros encontros como esse, e gerar ainda mais interação entre os setores”, destaca Paulo.

Durante o Fórum, também ocorreu um painel com representantes de empresas e instituições de ensino e, depois, pitches com empresários e startups e rodada de negócios. André Rohloff, proprietário da AAJ pré-moldados, de Marechal Cândido Rondon, por exemplo, aproveitou o evento para apresentar aos demais participantes a importância da inovação para a sobrevivência de empresas tradicionais no mercado.

Nossa empresa é familiar. Inicialmente, trabalhávamos apenas com a metalurgia. Depois de uns anos, percebemos que esse já não era um nicho viável, pois era quase impossível competir com grandes empresas. Enfrentamos os processos de mudança organizacional, participei de vários eventos e passamos a nos identificar como empresa de pré-moldados voltados, principalmente, à pecuária. Foi um processo longo que nos exigiu muita dedicação e pesquisa”, relata André.

Diante das trocas de contatos e experiências, Vicente Ribeiro, da Constel Tecnologia, de Cascavel, acredita que, a partir de agora, o caminho é trabalhar para fortalecer o ecossistema.

Hoje, vimos uma interação muito grande entre os participantes. É um evento que agrega contatos, promove networking e dá a chance dos empresários conhecerem soluções, produtos e serviços oferecidos por outras empresas que são de cidades vizinhas. Espero que, daqui para frente, tenhamos mais oportunidades como essa”, enaltece Vicente.

Em Toledo, o I Fórum de Negócios e Inovação reuniu mais de 70 participantes entre empresários, acadêmicos, professores de instituições de ensino, produtores e cooperativas da região Oeste do Paraná.

Fonte:

Deixe seu comentário