Portal da Cidade Toledo

gestação

Emoções na gravidez é tema do primeiro encontro do Gestação Segura

As oscilações de humor, as inseguranças e as dúvidas vividas pelas grávidas foram temas do primeiro encontro da segunda turma de 2019 do programa.

Postado em 06/09/2019 às 16:56 |

O papai Paulo Cesar Echerdt acompanhou a esposa Fernanda Plieski que está grávida de cinco meses. (Foto: Igor Baggio)

As oscilações de humor, as inseguranças e as dúvidas vividas pelas grávidas foram temas do primeiro encontro da segunda turma de 2019 do Programa Gestação Segura oferecido pela Prati-Donaduzzi às colaboradoras e esposas dos colaboradores. A atividade começou nessa terça-feira (03) com a participação de 50 grávidas. Nos próximos dois meses, serão mais 16 atividades.

Uma delas foi Caroline Bressan, do setor da Garantia da Qualidade. Ela está grávida de dois meses e meio e ainda não sabe o sexo da criança, mas a mamãe já se emociona ao pensar como será seu primeiro filho. Mãe de primeira viagem, como a maioria das participantes, está cheia de dúvidas.

A cerimônia de abertura contou com a participação da Orquestra de Viola Caipira de Toledo e também da psicóloga, Sandra Stenzel que falou sobre as “Emoções na Gestação”. Segundo Sandra, durante a gestação a mulher enfrenta diversos tipos de sentimentos. “É uma montanha russa de sensações, entre a alegria e o medo da descoberta, ao entusiasmo e nervosismo do parto. Cada mãe, sente de forma diferente, as emoções são ambíguas e muitas vezes inevitáveis”, explicou.

A psicóloga também contou que as mamães sentem desejos de comer coisas diferentes, muitas vezes causados pelo subconsciente que quer “chamar a atenção” para acumular um carinho e atenção, já que depois, será exclusivo do bebê por um bom tempo.

Temas

As mamães e os papais entenderão um pouco mais de como será a chegada do novo integrante na família e como melhorar a qualidade de vida das gestantes em casa e no trabalho.

Com o auxílio de profissionais, receberão orientações desde as alterações físicas e de humor vividas pela grávida até cuidados com a amamentação, como deve ser o banho do re­cém-nascido, ou o tipo de medicamento que a mãe pode tomar durante a gravidez e o puerpério. A saúde bucal da futura mamãe e os primeiros socorros a serem oferecidos ao bebê em casos de emergência serão abordados nas aulas.

O projeto é realizado pela farmacêutica há 14 anos e já atendeu mais de 2.000 pessoas e em 2018 conquistou o Prêmio Criança, promovido pela Fundação Abrinq.

Vovós e papais

Um dos diferenciais desta edição do Gestação Segura foi a participação das vovós. Rose Bressan, fez questão de acompanhar a filha Caroline Bressan, do Setor da Garantia da Qualidade. “A gravidez é um momento único e especial para toda mulher. Fico muito feliz da minha mãe estar ao meu lado”, disse Caroline. A vovó coruja disse: “eu costumo acompanhar ela em todos os momentos. Agora fico muito feliz em estar ao lado da Caroline em uma fase tão importante”.

Os papais também participaram, Paulo Cesar Echerdt, do setor de Compressão acompanhou a esposa Fernanda Plieski que está grávida de cinco meses. O casal aguarda ansioso a chegada das gêmeas Laura e Luiza. “Mesmo sendo a minha segunda gravidez participar do Gestação Segura é muito importante para esclarecer diversas dúvidas”, afirmou Fernanda.

Já o Paulo contou que a curiosidade foi o principal motivo que levou ele a participar, “é a primeira vez que participamos do programa. Os temas chamaram a nossa atenção", disse Echerdt.

Fonte:

Deixe seu comentário