Portal da Cidade Toledo

proposta

Prati-Donaduzzi abrirá Unidade de Negócios fora do Brasil

A proposta da Prati-Donaduzzi de instalar a unidade nesses países e estabelecer parcerias na área de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Postado em 14/10/2019 às 22:28 |

A farmacêutica paranaense Prati-Donaduzzi, com sede em Toledo no Oeste do Paraná, deu mais um passo para a internacionalização da companhia. A partir de 2020, a indústria terá Unidade de Negócios nos Estados Unidos ou Canadá.

A unidade terá como objetivo estabelecer parcerias, buscar oportunidades e captar inovações para desenvolver e licenciar medicamentos na área de Sistema Nervoso Central, foco de pesquisa da indústria nos próximos anos.

Até 2020, a Prati-Donaduzzi prevê ampliar seu portfólio com pelo menos 100 produtos, entre novas moléculas de genéricos, medicamentos de marca e novas apresentações. A maioria deles terá como função tratar doenças como ansiedade, depressão, epilepsia refratária, demência e distúrbios.

As prospecções para abrir a Unidade de Negócios Internacionais iniciaram há meses e na última semana, o diretor-presidente, Eder Fernando Maffissoni; o diretor da Centralpack (empresa do Grupo), Victor Donaduzzi e o gerente de Inovação e Pesquisa Clínica da Prati-Donaduzzi, Liberato Brum Junior, visitaram parques tecnológicos, universidades e incubadoras de Miami, Tampa, Gainesville e Orlando nos Estados Unidos e, Montreal, no Canadá.

“Fomos à procura de um bom lugar para nos instalar. Queremos estar presentes em um ecossistema de inovação. O objetivo é licenciar e desenvolver produtos inovadores a serem comercializados pela Prati-Donaduzzi no Brasil e exterior”, disse Maffissoni.

A escolha por esses países está ligada à forte cultura de pesquisa, inovação e agilidade na aprovação de novos produtos oferecida pelas agências regulatórias dos Estados Unidos e Canadá. “Nossa meta é dobrar de tamanho a cada cinco anos de forma sustentável. Precisamos de parceiros que atendam às nossas demandas”, justificou Maffissoni.

A proposta da Prati-Donaduzzi de instalar a unidade nesses países e estabelecer parcerias na área de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação foi recebida com entusiasmo pelos diretores dos parques tecnológicos e centros de pesquisas visitados no exterior.

O diretor de Comunicação do Instituto Neomed, com sede em Montreal, no Canadá, Carl Baillargeon, disse que a cidade de Montreal seria uma boa escolha para a farmacêutica. “Somos referência em ciência da vida e tecnologia de saúde. O Neomed é um catalizador de pesquisa e inovação. Podemos fazer excelentes parcerias”.


Internacionalização

A abertura da Unidade de Negócios fora do Brasil é mais uma etapa para a internacionalização da empresa que está sendo planejada há cinco anos e está sedimentada em suas conexões com pesquisadores, Universidades e empresas americanas e canadenses.

Atualmente a empresa tem certificação da National Sanitation Foundation (NSF) e exporta uma ampla linha de alimentos funcionais para o mercado americano.

Fonte:

Deixe seu comentário