Portal da Cidade Toledo

fluxo de água

Programa recupera nascentes em Toledo

Mais de 40 nascentes já foram recuperadas desde que os trabalhos foram iniciados

Postado em 16/05/2018 às 10:59 | Atualizado hoje às 04:11

(Foto: Divulgação)

O Programa Municipal de Recuperação de Nascentes está realizando ações em várias localidades do município, principalmente nas regiões dos distritos. A equipe que realiza os trabalhos de recuperação e preservação está disponível e está selecionando novas nascentes para realizar a intervenção.


A bióloga da Secretaria de Meio Ambiente, Lilian Cardoso, diz que o projeto teve início há uns dois anos e meio. “Inicialmente fizemos algumas recuperações por meio de um convênio com a Itaipu e, em seguida, após verificarmos a importância desse trabalho para o município criamos um programa próprio e solicitamos recursos do Fundo Municipal do Meio Ambiente”, conta.


Nesse período foram recuperadas mais de 40 nascentes em propriedades rurais e urbanas do município. Lilian explica que o processo de recuperação é gradativo e consiste na limpeza e proteção do olho da mina para evitar contaminação e perda do fluxo de água. Também é realizada a proteção do solo do entorno para aumentar a infiltração das águas das chuvas e evitar o assoreamento, além de diminuir que a incidência de outros resíduos escoam para dentro da nascente.


Análise

“Nós sempre fazemos uma coleta de água antes da recuperação para verificar se há ou não contaminação fecal. Após a recuperação da nascente é feita outra coleta para testar a eficiência do procedimento e tomar medidas adequadas, caso ainda haja contaminação”.


Manutenção

O cuidado do solo é feito por meio de doação de mudas e orientação técnica da Secretaria do Meio Ambiente e de empresa contratada para esse fim.


Onde recuperar

Não é possível estimar a quantidade de nascentes existentes na região. Mas o alerta segue principalmente para aquelas propriedades onde a forma de captação da água da nascente é feito por métodos antigos. Os mais comuns eram feitos construindo caixas de tijolos e cimento ou até mesmo com a colocação de caixas de amianto na nascente.


“Apesar de aparentar preservação, esses métodos proporcionam a contaminação por meio da vegetação (raízes) e pela entrada de animais e outros vetores, já que o isolamento não é garantido. Temos muitas nascentes no município, mas só recuperamos aquelas que estão degradadas, ou que já tiveram alguma ação negativa, ou que são utilizadas para consumo humano ou animal”, explica.


Técnica

A recuperação da mina é feita com a técnica de solo-cimento (Modelo da Emater), onde a captação é feita diretamente do solo ou da rocha, sem precisar de reservatório.


Meta

Até o término do mês de junho, o Programa Municipal de Recuperação de Nascentes pretende cadastrar e recuperar mais 30 nascentes em Toledo. O custo do serviço é todo do Fundo Municipal de Meio Ambiente. Basta ligar no 156, passar o nome, endereço e número de contato, que um técnico fará a visita no local. “Essa é uma oportunidade para melhorar a qualidade e a quantidade da água que é consumida”, alerta a Bióloga. A Secretaria seguirá a ordem de inscrição para atendimento dos serviços.


Serviços oferecidos:

Doação de mudas nativas; Análise da qualidade da água da fonte antes e depois da intervenção; Recuperação da nascente com técnica solo cimento, disponilizando saídas de canos para captação, desinfecção e volume excedente (ladrão); Pedras, quando necessário para drenos; Orientações técnicas.

Fonte: Secretaria Comunicação Social Toledo/PR

Deixe seu comentário