Portal da Cidade Toledo

voluntários

Jovens do Florir aprendem a planejar os seus sonhos

Uma oficina sobre Educação Financeira foi ministrada por voluntários do Instituto Sicoob

Postado em 21/10/2019 às 10:32 |

Cuidar do orçamento doméstico é um desafio de todos os lares. E adquirir o “jogo de cintura” necessário para lidar com isso com maestria geralmente leva tempo. Mas para os jovens atendidos no projeto Florir Toledo, da Secretaria de Assistência Social, esse desafio será vencido com maior facilidade.

Nesta sexta-feira (18), uma turma de 30 jovens participaram da Oficina de Educação Financeira ministrada por voluntários do Instituto Sicoob. Toda semana, os jovens recebem orientações sobre diversos assuntos dentro da disciplina de Fortalecimento de Vínculos. Já foram discutidos temas como prevenção ao suicídio, maio amarelo, drogadição, Estatuto da Criança e do Adolescente, entre outros.

O Coordenador do Florir Toledo, Oséias Soares, disse que os adolescentes que passam pelo programa estão sendo preparados para o mercado de trabalho e assuntos como este fazem parte dessa preparação. A maioria recebe uma Bolsa-Auxílio no valor de R$130 da Secretaria de Assistência Social. Para isso é aberta uma conta em nome do jovem para o recebimento do benefício.

“Esse é o primeiro contato que os jovens têm com o mercado financeiro. E como a oficina de Educação Financeira já era trabalhada em escolas do município, o projeto foi estendido ao Florir”, informou Oséias.

A Gerente de Relacionamentos do Sicoob, Vanessa Carina Rossatto, disse que os voluntários perceberam a necessidade de se trabalhar com os jovens o cuidado com seu dinheiro. “A ideia é inspirar e ajudar a planejar os seus sonhos através da Educação Financeira. Nós introduzimos a questão do dinheiro através do sonho de cada um, ai começamos a abordar o planejamento para que possam alcançar esse sonho”, explicou.

Os voluntários também abordaram o orçamento familiar, como distribuir as receitas da família com as despesas da casa, nunca esquecendo de destinar sempre uma parte ao sonho.

Exercícios fictícios foram aplicados para que simulassem o orçamento doméstico e tivessem ideia de como os pais ou responsáveis lutam para fechar as contas do mês. “Quando chegamos aqui [no Florir] até pensamos que não iam querer participar, mas nos surpreendemos com a turma, pois todos estão pensando no futuro e querendo algo melhor para cada um”, acrescentou Vanessa.


Armadilhas

Os jovens também foram alertados para não cair em algumas armadilhas de consumo que são facilmente encontradas tanto no comércio físico, quanto no virtual. Uma delas são as letras grandes e chamativas de anúncios convidando para comprar um produto que você não quer.

Outra armadilha são as famosas promoções “leve 3 e pague 2”, geralmente induzem a consumir uma quantidade de produtos que a pessoa não precisa. “Alertamos para que fiquem de olho, pois esse tipo de anúncio mexe com o lado direito de nosso cérebro, ou seja, com o lado emocional. Então é sempre importante se perguntar se realmente precisamos ou queremos aquele produto ou serviço”.

Além da Vanessa, Ailton Bagli e Nathiele Stedile são os voluntários que conduziram a Oficina com os adolescentes. Na próxima semana, outros 30 alunos deverão receber as mesmas informações no Florir Toledo. 

Fonte:

Deixe seu comentário